September 26, 2019 / 1:48 PM / a month ago

Ministério da Fazenda da Argentina diz que país é prioridade do FMI sob novo comando

Ministro da Fazenda da Argentina, Hernán Lacunza 20/08/2019 REUTERS/Agustin Marcarian

BUENOS AIRES (Reuters) - A Argentina é uma “prioridade máxima” para a próxima diretora-gerente do Fundo Monetário Internacional (FMI), Kristalina Georgieva, afirmou na quarta-feira a assessoria de imprensa do Ministério da Fazenda do país.

Georgieva se encontrou com o ministro argentino da Fazenda, Hernán Lacunza, na sede do FMI na quarta-feira e disse a ele “que ela queria que a primeira reunião de sua administração fosse com autoridades argentinas”, disse um comunicado do ministério.

No Twitter, mais tarde na quarta-feira, Georgieva postou uma foto dela apertando calorosamente as mãos de Lacunza.

“Estou ansioso para trabalhar com as autoridades ao assumir minhas funções em 1º de outubro. A Argentina é um membro importante do #IMF e queremos que ela seja bem-sucedida”, disse Georgieva.

O apoio do FMI é fundamental para a Argentina, cujos mercados instáveis ​​se estabilizaram temporariamente antes das eleições gerais de outubro.

No entanto, começam a surgir tensões, e alguns esperam que o FMI aguarde até que as perspectivas políticas se tornem mais claras antes de desembolsar uma parcela de 5,4 bilhões de dólares de um empréstimo total de 57 bilhões de dólares.

Por Hernan Nessi

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below