September 27, 2019 / 12:00 PM / 21 days ago

IGP-M fica quase estável em setembro depois de queda em agosto, diz FGV

Supermercado em São Paulo, SP 11/01/2017 REUTERS/Paulo Whitaker

SÃO PAULO (Reuters) - Os preços medidos pelo Índice Geral de Preços-Mercado (IGP-M) tiveram ligeira queda de 0,01% em setembro, mas ainda assim ganho de fôlego em relação a agosto, informou a Fundação Getulio Vargas (FGV) nesta sexta-feira.

Em agosto, o IGP-M tinha caído 0,67% contra julho. No acumulado de 2019, o índice avança 4,09% e sobe 3,37% nos últimos 12 meses.

Em setembro de 2018, o IGP-M havia se elevado em 1,52% no mês e acumulava alta de 10,04% em 12 meses.

Dentre os três principais subíndices, o de preços ao produtor amplo (IPA) desacelerou a queda para 0,09% em setembro, frente a uma baixa de 1,14% em agosto. Bens Finais (-0,15% em setembro ante -0,48% no mês anterior), Bens Intermediários (de -0,72% para +0,22%) e Matérias-Primas Brutas (de -2,30% para -0,36%) mostraram ganho de fôlego dos preços.

Na contramão, o Índice de Preços ao Consumidor (IPC) teve leve baixa de 0,04% em setembro, após alta de 0,23% em agosto.

Quatro das oito classes de despesa componentes do IPC registraram recuo, com a principal contribuição vindo do grupo Alimentação (de -0,04% para -0,80%).

Já o Índice Nacional de Custo da Construção (INCC) acelerou a alta para 0,60% em setembro, ante 0,34% no mês anterior, puxado por Mão de Obra (de 0,44% para 0,95%). Materiais e Equipamentos (de 0,22% para 0,17%) e Serviços (de 0,29% para 0,25%) desaceleraram a alta.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below