September 30, 2019 / 1:53 PM / a month ago

Dólar tem leve alta ante o real com foco em cena externa e Previdência

SÃO PAULO (Reuters) - O dólar tinha leve alta contra o real nesta segunda-feira, com agentes do mercado monitorando os desdobramentos das relações comerciais entre Estados Unidos e China, em semana marcada pela divulgação de importantes dados econômicos norte-americanos e pela da votação da reforma da Previdência no cenário doméstico.

REUTERS/Gary Cameron

Às 10:41, o dólar avançava 0,17%, a 4,1635 reais na venda.

Na B3, o dólar futuro tinha ganho de 0,2%, a 4,163 reais.

Para Jefferson Laatus, sócio fundador do Grupo Laatus, o cenário externo permanece dando a direção, com investidores atentos a todos os potenciais focos de incertezas comerciais e geopolíticas.

“Há bastante cautela no mercado. As relações comercias, como sempre, estão em foco, mas agora o mercado também está de olho na troca de farpas entre o Irã e a Arábia Saudita”, disse ele.

A China alertou nesta segunda-feira sobre a instabilidade nos mercados internacionais após qualquer “dissociação” da China e dos Estados Unidos, depois que fontes disseram que o governo norte-americano está considerando deslistar as empresas chinesas das bolsas de valores norte-americanas.

A notícia ocorre antes do 70º aniversário da República Popular da China, o que deixará os mercados fechados por uma semana a partir de 1º de outubro. As conversas de alto escalão entre os países seguem previstas para o começo de outubro.

As atenções também seguem voltadas para a divulgação do relatório mensal de empregos e a balança comercial dos Estados Unidos, que darão mais sinais sobre a saúde da economia norte-americana.

No Oriente Médio, o príncipe herdeiro da Arábia Saudita, Mohammed bin Salman, alertou em uma entrevista transmitida no domingo que os preços do petróleo podem atingir “números inimaginavelmente altos” se o mundo não se unir para deter o Irã, mas disse que prefere uma solução política a uma opção militar.

As tensões entre os dois países agitaram os mercados financeiros neste mês, após um ataque de drones às instalações de petróleo da Arábia Saudita. Os EUA acusaram o Irã pelos ataques que interromperam metade da produção do país, mas o governo iraniano negou o envolvimento.

Do lado doméstico, os mercados de câmbio seguem atentos à votação da reforma da Previdência na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) do Senado na terça-feira, com expectativa de que a votação da reforma em primeiro turno no plenário do Senado aconteça no mesmo dia.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below