October 4, 2019 / 2:29 PM / 13 days ago

BTG Pactual Holdings desiste de OPA da PPLA; unit desaba quase 40%

Sede do BTG Pactual em São Paulo, SP 03/10/2019 REUTERS/Amanda Perobelli

SÃO PAULO (Reuters) - A PPLA Participations, a unidade de investimentos do grupo BTG Pactual Holding, informou nesta sexta-feira que o controlador desistiu de oferta pública de aquisição (OPA) para deslistar a companhia da bolsa de valores de São Paulo (B3), argumentando que o novo laudo de avaliação não reflete adequadamente o valor da empresa.

“A segunda avaliadora incorreu...em erros materiais (para além da escolha de premissas que embasaram o referido laudo) que resultaram em uma grave distorção do preço por unit PPLA11 da companhia indicado no novo laudo de avaliação”, disse o fato relevante divulgado pela PPLA citando manifestação da BTG Pactual Holding.

No começo da semana, a PPLA divulgou laudo de avaliação da Urca Capital Partners precificando suas units a 4,31 reais por papel, valor bem superior à proposta inicial da PPLA no âmbito da OPA, de 1,19 real por unit. O novo laudo ocorreu a pedido de acionistas.

Por volta das 11:20, as units caíam 37,3%, a 2,50 reais na bolsa paulista. No pior momento, desabaram 39,6%. Desde o anúncio da OPA, em abril, os papéis haviam se valorizado 48,3% até a véspera.

Em razão da desistência da OPA, a PPLA vai continuar com o Programa de Certificados de Depósito de Ações – BDR Nível III de sua emissão negociados na B3 e manterá registro de emissor estrangeiro perante a Comissão de Valores Mobiliários (CVM), bem como na Euronext.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below