October 8, 2019 / 10:33 AM / 12 days ago

Crescimento do setor de serviços da China tem mínima de 7 meses em setembro, mostra PMI do Caixin

Distrito comercial em Pequim, na China 15/05/2019 REUTERS/Thomas Peter

PEQUIM (Reuters) - O setor de serviços da China cresceu no ritmo mais lento em sete meses em setembro apesar do forte aumento nas novas encomendas, uma vez que as despesas operacionais continuaram a subir no final do terceiro trimestre, mostrou nesta terça-feira a pesquisa Índice de Gerentes de Compras (PMI, na sigla em inglês) do Caixin/Markit.

O PMI de serviços caiu a 51,3 no mês passado, nível mais fraco desde fevereiro, contra 52,1 em agosto. O índice permanece acima da marca de 50 que separa crescimento de contração desde o final de 2005.

A queda ficou em linha com o recuo no PMI oficial de serviços publicado pela Agência Nacional de Estatísticas. Também acompanha sinais de desaceleração geral neste ano.

As novas encomendas por serviços cresceram em setembro no ritmo mais forte desde janeiro de 2018, diante de lançamentos de novos produtos e demanda mais forte.

Mas os custos operacionais chegaram à máxima de um ano devido ao aumento dos gastos trabalhistas e com combustíveis e matéria-prima.

Reportagem de Ryan Woo

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below