for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up

China reduziu expectativas sobre negociações com EUA, dizem fontes chinesas

REUTERS/Jason Lee

WASHINGTON (Reuters) - Surpresos e chateados com a iniciativa do governo dos Estados Unidos de incluir companhias chinesas em lista de empresas que sofrem restrições para fazer comércio com o país, Pequim reduziu expectativas em relação a progresso significativo nas negociações comericais com Washington esta semana, disseram autoridade governamentais, diplomatas e investidores à Reuters.

Ainda que Pequim teoricamente queira encerrar a guerra comercial iniciada pelo governo de Donald Trump, autoridades do Partido Comunista chinês não estão otimistas com o tamanho nem com o escopo de algum acordo com Washington no curto prazo, disseram as fontes.

Por Heather Timmons

for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up