October 10, 2019 / 12:52 PM / in a month

Pedidos de auxílio-desemprego nos EUA caem inesperadamente

Desempregados fazem fila para entrar em feira de trabalho em Nova York 09/12/2009 REUTERS/Shannon Stapleton

WASHINGTON (Reuters) - O número de norte-americanos que pediram auxílio-desemprego teve queda inesperada na semana passada, sugerindo que o mercado de trabalho continua forte, mesmo com as contratações desacelerando em conjunto com o crescimento econômico.

Os pedidos iniciais de auxílio-desemprego nos EUA recuaram em 10 mil, para 210 mil em dado ajustado sazonalmente na semana encerrada em 5 de outubro, informou o Departamento do Trabalho nesta quinta-feira.

Os dados da semana anterior foram revisados para mostrar mais mil solicitações recebidas do que as relatadas anteriormente.

Economistas consultados pela Reuters previam que os pedidos permaneceriam inalterados em 219 mil na última semana.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below