October 16, 2019 / 11:08 AM / in a month

IGP-10 passa a subir 0,77% em outubro com impulso de Matérias-Primas Brutas, diz FGV

Rolos de alumínio em fábrica de Pindamonhangaba, SP 19/06/2015 REUTERS/Paulo Whitaker

SÃO PAULO (Reuters) - O Índice Geral de Preços-10 (IGP-10) passou a avançar 0,77% em outubro, depois de cair 0,29% em setembro, em meio à retomada da alta nos preços do atacado, informou a Fundação Getulio Vargas (FGV) nesta quarta-feira.

O resultado ficou ligeiramente acima da expectativa em pesquisa da Reuters de alta de 0,75%.

No mês, o Índice de Preços ao Produtor Amplo-10 (IPA-10), que mede a variação dos preços no atacado e responde por 60% do índice geral, registrou salto de 1,16%, deixando para trás a deflação de 0,57% do mês anterior.

O grupo mostrou um avanço acentuado nos preços das Matérias-Primas Brutas, de 2,24% em outubro, contra queda de 1,87% na leitura anterior.

Já o Índice de Preços ao Consumidor (IPC-10), que responde por 30% do índice geral, registrou leve queda de 0,06%, de uma alta de 0,05% em setembro.

O destaque para o resultado foi o grupo Habitação, que passou de uma alta de 0,55% em setembro para recuo de 0,02% em outubro.

A alta do Índice Nacional de Custo da Construção-10 (INCC-10), por sua vez, desacelerou a 0,09% em outubro, contra 0,79% no período anterior.

O IGP-10 calcula os preços ao produtor, consumidor e na construção civil entre os dias 11 do mês anterior e 10 do mês de referência.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below