October 16, 2019 / 8:19 PM / a month ago

Wall St recua com dados econômicos fracos ofuscando balanços positivos

NOVA YORK (Reuters) - Os índices de Wall Street perderam terreno nesta quarta-feira, à medida que dados econômicos fracos dos Estados Unidos e tensões geopolíticas afastaram compradores do mercado de ações, apesar de uma série de balanços positivos do terceiro trimestre.

Operadores trabalham na Bolsa de Nova York 09/10/2019 REUTERS/Brendan McDermid

As ações de tecnologia, lideradas pela Microsoft, foram as de maior influência negativa, empurrando os três principais índices acionários dos EUA para o vermelho.

O Dow Jones fechou em queda de 0,08%, a 27.001,98 pontos, enquanto o S&P 500 cedeu 0,20%, a 2.989,69 pontos, e o Nasdaq Composto recuou 0,3%, para 8.124,18 pontos.

As vendas no varejo dos EUA caíram pela primeira vez em sete meses em setembro, de acordo com o Departamento de Comércio norte-americano, em um sinal de que os problemas podem estar se espalhando do setor manufatureiro para áreas mais amplas da economia.

“Essa é provavelmente a primeira indicação de que o lado consumidor da economia está apresentando sinais de estresse e talvez contraindo”, disse Tim Ghriskey, estrategista-chefe de investimentos do Inverness Counsel. “O consumidor tem sido visto como o salvador da economia, e então esse dado é divulgado, é bastante chocante.”

As incertezas comerciais relacionadas a EUA e China aumentaram depois de a Câmara dos Deputados norte-americana ter irritado Pequim com a aprovação de uma medida pró-democracia em apoio a Hong Kong.

O presidente dos EUA, Donald Trump, ainda disse que provavelmente não assinará qualquer acordo comercial antes de se reunir com o presidente chinês, Xi Jinping, no Fórum da Apec no Chile, mas afirmou que um acordo parcial está sendo formalizado.

Analistas esperam que os lucros no S&P 500 tenham recuado 3% no terceiro trimestre, o que representaria a primeira contração em comparação anual desde o fim da recessão dos balanços, em 2016.

No entanto, das 43 empresas do S&P 500 que já divulgaram seus resultados trimestrais, 86% superaram as expectativas.

O Bank of America avançou 1,5% após registrar lucro acima das estimativas no terceiro trimestre, devido à alta nos ganhos com taxas de consultoria e ao aumento em sua carteira de empréstimos.

A United Airlines avançou 1,9% depois de seus lucros superarem as expectativas no trimestre, apoiada também por um aumento em seu “guidance” de 2019.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below