October 23, 2019 / 11:33 AM / a month ago

China aumentará importação de bens, incluindo produtos agrícolas

Grãos de soja importada em mercado de Hubei, na China 14/04/2014 REUTERS/Stringer

PEQUIM (Reuters) - A China aumentará as importações de alguns bens, incluindo produtos agrícolas, de consumo e componentes, como parte de seus esforços para estabilizar o comércio exterior, afirmou a televisão estatal chinesa nesta quarta-feira, citando o gabinete.

A CCTV disse que o Conselho de Estado também decidiu melhorar sua política de restituições de impostos, linhas de crédito de exportação e seguros, além de aliviar restrições para transações de conta de capital como parte de seus esforços.

A China tomará medidas para apoiar o comércio e o investimento estrangeiro, disse o gabinete.

A China permitirá que algumas empresas estrangeiras realizem investimentos acionários domésticos usando seu capital, e permitirá que alguns bancos façam transferências internacionais de empréstimos inadimplentes sob um esquema piloto, acrescentou.

O gabinete também reiterou que a China manterá sua moeda basicamente estável e manterá reservas razoáveis de câmbio.

A estabilização do comércio e do investimento estrangeiro faz parte das políticas da China para amparar a economia em desaceleração, que foi afetada pela guerra comercial com os Estados Unidos.

O crescimento econômico da China deve desacelerar para uma mínima de quase 30 anos de 6,2% este ano e esfriar ainda mais para 5,9% em 2020, mostrou uma pesquisa da Reuters, mesmo com Pequim intensificando o estímulo.

Por Kevin Yao e Roxanne Liu

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below