October 24, 2019 / 2:05 PM / 25 days ago

Após série de altas e recordes, Ibovespa recua com balanços em foco; Localiza cai

SÃO PAULO (Reuters) - A bolsa paulista mostrava fraqueza nesta quinta-feira, em meio a movimentos de realização de lucros depois de três altas seguidas, quando o Ibovespa renovou máximas históricas. As ações de Localiza e CSN lideravam as perdas após seus resultados trimestrais frustrarem analistas.

09/05/2016 REUTERS/Paulo Whitaker

Às 10:58, o Ibovespa caía 0,41 %, a 107.101,6 pontos. O volume financeiro somava 3,2 bilhões de reais.

Na véspera, o Ibovespa fechou em alta de 0,15%, a 107.543,59 pontos, tendo se aproximado dos 108 mil pontos no melhor momento do dia. Os três primeiros pregões da semana acumularam alta de 2,7%.

A trajetória no pregão brasileiro tinha de pano de fundo um quadro misto em praças acionárias no exterior, com o norte-americano S&P 500 em alta de X%. Em Wall Street, o noticiário corporativo também ocupava as atenções, com os resultados de Microsoft e Tesla, entre outros, sob os holofotes.

A equipe da H.Commcor destacou que a ‘calmaria’ no ambiente externo ainda favoreceria um viés otimista para ativos locais, mas, em nota a clientes mais cedo, também chamou a atenção para a iminência de correções técnicas e realização de lucros em algum momento.

DESTAQUES

- LOCALIZA ON caía 5,7% após divulgar lucro abaixo do previsto por analistas no terceiro trimestre, refletindo maior pressão nos preços para venda de carros, o que resultou em despesas com depreciação.

- CSN cedia 5,6%, após prejuízo líquido de 871 milhões de reais no terceiro trimestre, revertendo resultado positivo de 752 milhões obtido um ano antes e corte em cerca de 12% sua projeção de resultado operacional em 2019.

- VALE ON cedia 0,45%, revertendo os ganhos da abertura, em dia de ajustes, apesar da alta nos preços do minério de ferro na China, na expectativa do resultado do terceiro trimestre, após o fechamento do mercado brasileiro.

- PETROBRAS PN cedia 0,93%, também abandonando os ganhos do começo da sessão, em dia de balanço trimestral agendado para o final do dia, enquanto o petróleo reduzia os ganhos no exterior.

- QUALICORP ON subia 1,47%, tendo no radar decisão da Comissão de Valores Mobiliários (CVM) de rejeitar oferta de acordo feita por membros do conselho de administração da empresa, relacionado a contrato de não competição.

- CCR ON valorizava-se 1,68%. O Citigroup elevou preço-alvo para a ação da empresa 19,25 reais ante 18 reais. A companhia divulga balanço na segunda-feira.

- ITAÚ UNIBANCO PN tinha declínio de 0,03% e BRADESCO PN recuava 0,42%, também enfraquecendo o Ibovespa.

- LOJAS RENNER ON recuava 0,35%, com agentes financeiros também na expectativa de seu resultado, após o fechamento do pregão.

- COGNA ON cedia 2,68%, após divulgar que vendeu 52 milhões de livros no Programa Nacional do Livro Didático (PNLD) de 2020, acrescentando que a receita do PNLD a ser registrada no terceiro trimestre será de 20 milhões de reais.

- AMBEV ON subia 1,71%, tendo no radar o balanço na sexta-feira, antes da abertura do mercado. O Bradesco BBI citou em nota a clientes que a brasileira pode divulgar dados melhores do que o esperado sobre vendas de cereveja no Brasil.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below