October 25, 2019 / 5:50 PM / a month ago

Taesa busca captar R$509 mi por meio de debêntures com vencimento em 25 anos

03/03/2018. REUTERS/Nacho Doce

SÃO PAULO (Reuters) - A transmissora de energia Taesa iniciou oferta pública de distribuição de até 508,96 milhões de reais em debêntures para captar recursos que financiarão três projetos atualmente em implementação, segundo comunicado da companhia nesta sexta-feira.

O valor projetado para a captação, em série única e com vencimento em setembro de 2044, envolve ainda debêntures adicionais em relação ao lote inicial, que havia sido fixado em 450 milhões de reais.

As debêntures serão caracterizadas como “verdes” com base em parecer emitido por consultoria especializada, e a transação terá coordenação do banco BTG Pactual (líder), do Santander Brasil e da XP Investimentos.

Os recursos obtidos com a operação vão para os projetos Paraguaçu, Aimorés e Sant’Anna, que a Taesa pretende concluir até 2022.

A Taesa, que é controlada pela elétrica estatal mineira Cemig e pelo grupo colombiano Isa, apontou que as debêntures terão remuneração de 4,5% ao ano.

A emissão da elétrica vem em momento em que diversas empresas de energia têm captado recursos no mercado para financiar seus projetos, muitas vezes em condições tão atrativas quanto as oferecidas por instituições de fomento como o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES).

Por Luciano Costa

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below