October 25, 2019 / 5:50 PM / a month ago

Energisa diz que braço de geração distribuída Alsol captou R$100 mi com debêntures

Painéis de energia solar 18/10/2019 REUTERS/Jean-Paul Pelissier

SÃO PAULO (Reuters) - A elétrica Energisa informou que sua controlada Alsol Energias Renováveis, que atua com instalações de geração distribuída, concluiu uma captação de 100 milhões de reais por meio da emissão de debêntures.

A transação, a primeira emissão da Alsol, foi realizada em série única com vencimento em 2024 e remuneração equivalente a CDI + 1,20% ao ano, de acordo com comunicado da Energisa nesta sexta-feira.

“Os recursos captados com a emissão serão destinados à gestão ordinária dos negócios da Alsol”, afirmou a companhia no comunicado, sem detalhar.

As instalações de geração distribuída, que envolvem sistemas principalmente solares em telhados ou grandes terrenos remotos, têm crescido rapidamente no Brasil, em movimento que ganhou maior intensidade neste ano.

O país possui atualmente cerca de 1,6 gigawatt em ativos operacionais de GD, segundo dados da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel).

A Energisa, que controla distribuidoras de eletricidade e possui também negócios em transmissão, anunciou a aquisição do controle da Alsol em maio, em operação no valor de 11,7 milhões de reais que marcou a entrada da empresa no setor de geração distribuída.

Por Luciano Costa

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below