October 28, 2019 / 2:31 PM / 25 days ago

Secretário de comércio diz que Brasil está engajado em promover mudanças no Mercosul

Presidentes Sebastian Pinera (Chile), Tabare Vazquez (Uruguai), Jair Bolsonaro (Brasil), Mauricio Macri (Argentina), Mario Abdo Benitez (Paraguai) e Evo Morales (Bolívia) participam da Cúpula do Mercosul em Santa Fé, Argentina 17/07/2019

RIO DE JANEIRO (Reuters) - O secretário de Comércio Exterior do Ministério da Economia, Lucas Ferraz, afirmou nesta segunda-feira que o Brasil está engajado em promover mudanças para modernizar o Mercosul e estimular mais comércio intra e extra bloco.

Sem citar em palestra o resultado das eleições no país vizinho, que levou o oposicionista Alberto Fernández ao poder, Ferraz frisou que essas propostas de aprimoramento do bloco têm sido apresentadas pelo Brasil.

“O Brasil tem se engajado na reforma do Mercosul propondo novas medidas a fim de promover mais para o comércio intra e extra bloco”, disse ele em um seminário sobre a governança dos Brics no Rio de Janeiro.

Ferraz ainda destacou ao longo de sua palestra acordos na área automotiva celebrados pelo governo com Argentina e México, e ressaltou que o Brasil vai em busca de mais espaço no comércio global.

Segundo ele, o governo brasileiro pretende iniciar negociações de livre comércio com Estados Unidos, México, Japão e Vietnã no primeiro semestre de 2020. Também espera concluir em 2020 negociações de uma zona franca com Singapura, Canadá e Coreia do Sul.

Por Rodrigo Viga Gaier

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below