October 28, 2019 / 6:06 PM / 20 days ago

Esperanças de acordo comercial EUA-China impulsionam ações europeias para máxima de 21 meses

(Reuters) - As ações europeias tocaram seu nível mais alto desde janeiro de 2018 nesta segunda-feira, impulsionadas por montadoras e mineradoras, na esperança de que os Estados Unidos e a China estejam mais próximos de conseguir um acordo comercial, enquanto uma queda nos bancos, puxada pelo HSBC, limitou os ganhos.

Bolsa de Valores de Frankfurt 28/10/2019 REUTERS/Staff

O índice FTSEurofirst 300 subiu 0,17%, a 1.565 pontos, enquanto o índice pan-europeu STOXX 600 ganhou 0,25%, a 399 pontos.

O presidente dos EUA, Donald Trump, disse que espera assinar uma parte significativa do acordo comercial com a China antes do previsto, mas não deu detalhes sobre o cronograma. Isso ajudou o S&P 500 em Wall Street a tocar uma máxima recorde nesta sessão.

As montadoras europeias subiram 1,8%, tocando uma máxima de quase seis meses, enquanto as ações ligadas a commodities avançaram 1,5%.

O mais recente desenvolvimento comercial entre EUA e China ocorre ao mesmo tempo que os investidores tentam avaliar seu impacto nos lucros das empresas europeias.

Após as três semanas mais movimentadas da temporada de balanços corporativos, as empresas conseguiram reportar resultados modestamente superiores às expectativas, mas analistas dizem que a barra está mais baixa.

Ações de setores defensivos, como serviços públicos, alimentos e bebidas e telecomunicações, perderam entre 0,5% e 0,3%, à medida que o apetite por segmentos mais arriscados aumentou e os investidores voltaram aos setores em crescimento em resposta ao tom mais positivo no fronte político.

Isso inclui o acordo da União Europeia (UE) para uma extensão flexível de três meses para a saída do Reino Unido do bloco, enquanto o primeiro-ministro Boris Johnson pressiona para uma eleição.

Em LONDRES, o índice Financial Times avançou 0,09%, a 7.331 pontos.

Em FRANKFURT, o índice DAX subiu 0,37%, a 12.941 pontos.

Em PARIS, o índice CAC-40 ganhou 0,15%, a 5.730 pontos.

Em MILÃO, o índice Ftse/Mib teve valorização de 0,38%, a 22.695 pontos.

Em MADRI, o índice Ibex-35 registrou alta de 0,03%, a 9.433 pontos.

Em LISBOA, o índice PSI20 valorizou-se 0,32%, a 5.106 pontos.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below