October 29, 2019 / 9:22 PM / 21 days ago

Com Fed no radar, Wall St recua após S&P 500 tocar novo recorde histórico

Operadores na Bolsa de Valores de Nova York. 28/10/2019. REUTERS/Brendan McDermid

NOVA YORK (Reuters) - O índice S&P 500 recuou no pregão desta terça-feira, interrompendo uma série de quatro sessões de ganhos e se afastando de uma máxima histórica, à medida que investidores tiveram de analisar vários balanços corporativos e a atualização do noticiário sobre um possível acordo comercial entre Estados Unidos e China.

O índice Dow Jones caiu 0,07%, a 27.071 pontos, enquanto o S&P 500 perdeu 0,08324%, a 3.037 pontos. O índice de tecnologia Nasdaq recuou 0,59%, a 8.277 pontos.

Esperanças de um acordo comercial entre Estados Unidos e China, além das expectativas quanto a outro corte na taxa de juros pelo Federal Reserve (Fed, banco central do país) —que conclui sua reunião de política monetária na quarta— têm alavancado os ativos nas últimas sessões, levando o S&P 500 ao seu segundo recorde intradiário.

Mas os índices recuaram depois de uma autoridade do governo dos EUA dizer à Reuters que Washington e Pequim continuam trabalhando em um acordo comercial provisório, mas que pode não ser concluído a tempo de os líderes dos dois países o assinarem no Chile no próximo mês.

“É realmente impressionante que tenhamos segurado esses ganhos. Mesmo que tenhamos caído um pouco nesta sessão, é impressionante... que não tenhamos tido uma forte pressão vendedora”, disse JJ Kinahan, estrategista-chefe de mercado na TD Ameritrade, em Chicago.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below