October 31, 2019 / 2:46 PM / 17 days ago

Wall Street cai devido a novas tensões comerciais

Placa indicativa de Wall Street, em Nova York 17/09/2019 REUTERS/Brendan McDermid

(Reuters) - Os principais índices acionários de Wall Street caíam nesta quinta-feira, com a incerteza em torno de um possível acordo comercial entre Estados Unidos e China ofuscando os fortes balanços da Apple e do Facebook.

Às 11:42 (horário de Brasília), o índice FTSEEurofirst 300 caía 0,43%, a 1.558 pontos, enquanto o índice pan-europeu STOXX 600 perdia 0,36%, a 397 pontos.

Autoridades chinesas têm dúvidas sobre se é possível chegar a um acordo comercial de longo prazo abrangente com Washington e o presidente dos EUA, Donald Trump, informou a Bloomberg mais cedo nesta quinta-feira.

“Esta manchete (sobre comércio) está dando aos investidores uma razão para tirar os lucros da mesa”, disse Peter Cardillo, economista-chefe de mercado da Spartan Capital Securities.

O setor industrial, sensível ao comércio, recuava 0,86%. Os fabricantes de chips, que têm uma exposição considerável à China, também caíam, com o índice de Semicondutores da Philadelphia perdendo 1,44%.

No entanto, os ganhos corporativos eram um ponto positivo. A Apple subia 1,5% depois que a fabricante do iPhone previu as vendas para o último trimestre - época das compras de fim de ano - em um nível acima das expectativas.

O Facebook saltava 3% depois de relatar um aumento nos usuários em mercados lucrativos e seu terceiro aumento seguido no crescimento das vendas trimestrais.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below