November 8, 2019 / 12:00 PM / 9 days ago

Alemanha não precisa de estímulo e não está em recessão, diz ministro das Finanças

Ministro das Finanças da Alemanha, Olaf Scholz, durante coletiva de imprensa em Berlim 30/10/2019 REUTERS/Fabrizio Bensch

BERLIM (Reuters) - A Alemanha não está perto de uma recessão real, mas está passando por um período de crescimento mais lento, disse o ministro das Finanças, Olaf Scholz, em entrevista à Euronews, acrescentando que a resolução das tensões comerciais, “criadas pelo homem”, ajudaria a impulsionar a economia.

Questionado sobre as solicitações feitas por alguns economistas e políticos para que a Alemanha gaste para revitalizar uma economia em declínio, Scholz disse que, com empregos em níveis recordes e alguns setores enfrentando restrições de capacidade, não há motivos para gastos extras com estímulos.

“Há uma máxima histórica de empregos e há muitos ramos que procuram mão de obra qualificada”, disse o ministro, em comentários publicados nesta sexta-feira. “Temos uma política financeira muito expansionista e o maior investimento público de todos os tempos,”

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below