November 12, 2019 / 7:16 PM / a month ago

China aprova importação de farelo de algodão do Brasil

Colheita de algodão no distrito de Roda Velha, próximo a Luís Eduardo Magalhães (BA) 11/09/2018 REUTERS/Ricardo Moraes

PEQUIM (Reuters) - A alfândega da China anunciou nesta terça-feira que aprovou a importação de farelo de algodão do Brasil, em mais um passo na busca por expansão e diversificação nas fontes de ingredientes de ração para sua enorme criação de animais.

O farelo, produzido após a extração do óleo das sementes de algodão, é rico em proteína e pode substituir o farelo de soja, que é mais amplamente utilizado.

A aprovação vem após a recente visita do presidente Jair Bolsonaro à China.

Durante a viagem de Bolsonaro, ocorrida no final de outubro, os países já haviam assinado o protocolo para a exportação do produto brasileiro à nação asiática.

A medida veio após a ministra da Agricultura, Tereza Cristina, publicar um vídeo em suas redes sociais mencionando o “encaminhamento” do negócio.

Reportagem de Dominique Patton

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below