November 20, 2019 / 2:55 PM / 17 days ago

Presidente eleito da Argentina diz a FMI ter plano sustentável para pagar dívida

Presidente eleito da Argentina, Alberto Fernández, participa de reunião em Buenos Aires 09/11/2019 REUTERS/Agustin Marcarian

SANTIAGO (Reuters) - O presidente eleito da Argentina, Alberto Fernández, disse à diretora-gerente do Fundo Monetário Internacional, Kristalina Georgieva, que tem um plano “sustentável” para cumprir suas obrigações de credor e também manter o crescimento, informou seu gabinete.

Na terça-feira, Fernández disse a Georgieva não haver mais espaço para ajuste fiscal adicional na Argentina por causa de uma “situação econômica doméstica enormemente complexa”, disse seu gabinete em um comunicado.

“Queremos fazer um compromisso que possamos cumprir”, acrescentou o presidente eleito.

Segundo o comunicado, Georgieva disse a Fernández que ela gostaria de ver a Argentina superar os “ciclos de crescimento e colapso” para chegar à trajetória de crescimento sustentável.

Ela acrescentou que queria trabalhar com Fernández para lidar com as questões duais de inflação e promoção do crescimento, afirmou o texto.

No comunicado, o FMI disse que Georgieva assegurou a Fernández, um peronista eleito no mês passado, estar pronto para trabalhar com o governo para “pavimentar o caminho para o crescimento sustentado e a redução da pobreza”.

Por Aislinn Laing

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below