November 21, 2019 / 9:43 PM / 18 days ago

Ibovespa fecha em alta e recupera 107 mil pontos; Petrobras ajuda

SÃO PAULO (Reuters) - O Ibovespa fechou em alta nesta quinta-feira, após duas quedas seguidas, recuperando o patamar dos 107 mil pontos perdido na semana passada, com Petrobras entre os principais suportes ao ser beneficiada pela alta dos preços do petróleo para máximas em dois meses.

Bolsa de Valores de São Paulo 03/04/2019 REUTERS/Amanda Perobelli

Índice de referência do mercado acionário brasileiro, o Ibovespa subiu 1,54%, a 107.496,73 pontos, encerrando o dia na máxima da sessão. O volume financeiro alcançou 19,5 bilhões de reais.

A volta do feriado do Dia da Consciência Negra foi marcada também pela repercussão de vários relatórios de bancos estrangeiros com tom positivo para o mercado acionário brasileiro, entre eles o JPMorgan, que vê o Ibovespa em 126 mil pontos no final de 2020 em seu cenário base.

Para a estrategista Emy Shayo, do banco norte-americano, a recomendação ‘overweight’ para as ações brasileiras em seu portfólio de America Latina encontra respaldo na implementação de reformas estruturais, que abre caminho para um PIB maior, ao mesmo tempo em que juros baixos permitem uma rotação na alocação de ativos de renda fixa para ações, conforme relatório.

O Credit Suisse reiterou ‘overweight’ para o Brasil em carteira global, destacando que o país tem a melhor combinação de grande hiato do produto com forte ‘momentum’ econômico de qualquer região e é a única região importante onde o crescimento está sendo revisado para cima e a inflação, para baixo.

O Morgan Stanley também manteve sua avaliação ‘overweight’ para o país em seu portfólio para América Latina, com o estrategista Guilherme Paiva e equipe estimando o Ibovespa em 125 mil pontos para o final do próximo ano.

Eles avaliam que uma série de fatores apontam para a aceleração da atividade doméstica em 2020 e 2021, o que deve dar suporte aos lucros das empresas e preços de ações; bem como perspectivas de reformas estruturais devem ajudar a aumentar a confiança dos empresários e dos consumidores.

O chefe de renda variável da Vero Investimentos, Fábio Galdino, destacou que esse tipo de material tem um efeito benigno na confiança dos investidores, mas ressaltou também que o noticiário recente de Brasília também repercutiu positivamente.

Ele destacou a decisão da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Câmara, na véspera, de aprovar a admissibilidade de uma proposta que permite a prisão após condenação em segunda instância, explicando que decisão recente do STF de derrubar tal possibilidade gerou receio de insegurança jurídica no país.

O Ibovespa descolou de Wall Street, onde o S&P 500 fechou em baixa de 0,16%, mais uma vez afetado pelo noticiário conflitante sobre as negociações comerciais entre os Estados Unidos e a China, que tem adicionado preocupações sobre as chances de um acordo até o final deste ano.

DESTAQUES

- PETROBRAS PN e PETROBRAS ON subiram 3,72% e 2,66%, respectivamente, conforme o petróleo avançou mais de 2% após a Reuters noticiar que a Opep e seus aliados devem prorrogar os cortes de produção até meados de 2020. A petrolífera também divulgou acordo para arrendar fábricas de fertilizantes no Nordeste.

- GERDAU PN fechou em alta de 7,52%, capitaneando os ganhos do Ibovespa, em sessão forte para siderúrgicas na bolsa paulista. Em nota a clientes, analistas do Itaú BBA citaram que, de acordo com fontes na indústria, os produtores de aços planos estão considerando um aumento de preço de 5% a 10% em janeiro, após a recente depreciação do real.

- BTG PACTUAL UNIT encerrou em alta de 3,97%. Analistas do UBS iniciaram a cobertura dos papéis com recomendação de compra e preço-alvo de 82 reais. No setor, BANCO DO BRASIL ON avançou 1,29%, ITAÚ UNIBANCO PN subiu 1,02%, BRADESCO PN ganhou 0,57% e SANTANDER BRASIL UNIT avançou 0,99%.[nL2N2811FT]

- MARFRIG ON cedeu 3,9%, entre as maiores quedas, após se valorizar mais de 8% nos dois pregões anteriores, depois de aumentar a participação no capital social da sua controlada norte-americana National Beef de 51% para 81,73%. No setor, JBS ON caiu 3,17%, mas MINERVA ON, que não está no Ibovespa, subiu 3,65%. Mais cedo, o presidente do conselho do BNDES, Carlos Thadeu de Freitas, afirmou que o banco de fomento deverá vender cerca de metade de sua participação na JBS até o final do ano, uma operação que pode levantar 7,8 bilhões de reais.

- CVC BRASIL ON subiu 5,77%, após ter fechado na terça-feira no menor valor desde setembro de 2018. A queda em novembro até a última sessão alcançava mais de 20%.

- MAGAZINE LUIZA ON subiu 1,08%, tendo no radar memorando de parceria para vender celulares na MARISA LOJAS, entre outros serviços. MARISA, que não está no Ibovespa, avançou 1,98%. No setor, B2W ganhou 1,85% e VIA VAREJO ON subiu 1,34%.

- VALE ON encerrou com acréscimo de 0,52%, acompanhando a melhora da bolsa paulista como um todo.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below