November 25, 2019 / 9:40 PM / 11 days ago

Ibovespa fecha em queda com setor financeiro; JBS salta 9,6%

SÃO PAULO (Reuters) - O Ibovespa fechou em leve queda nesta segunda-feira, pressionado pelo setor financeiro e realização de lucros, que compensaram noticiário favorável em relação à negociação comercial EUA-China e fortes ganhos das ações de proteínas diante de expectativas de mudança nas tarifas de importação de carne por Pequim.

Bolsa de Valores de São Paulo 25/07/2019 REUTERS/Amanda Perobelli

Índice de referência do mercado acionário brasileiro, o Ibovespa caiu 0,25%, a 108.423,93 pontos. O volume financeiro alcançou 16 bilhões de reais.

O declínio veio após o Ibovespa fechar a sexta-feira em alta de 1,11%, a 108.692,28 pontos, na máxima da sessão, acumulando ganho semanal de 2%.

Nem o noticiário externo mais favorável em relação às relações comerciais entre Washington e Pequim, que renovou esperanças de uma resolução de um acordo ‘Fase 1’ entre os gigantes econômicos, evitou o desempenho negativo.

Em Wall Street, por sua vez, o S&P 500 fechou em alta de 0,75%, renovando máxima história.

Mesmo com a alta na semana passada, que ajudou a colocar o Ibovespa no azul em novembro, o gestor Werner Roger, sócio-fundador da Trígono Capital, não descarta um efeito negativo no fluxo de estrangeiros em razão dos eventos na América Latina.

Vários países da região têm sido palco de manifestações civis, em meio ao descontentamento com ações de governos locais. Os protestos deixaram claro o descontentamento da população na região com medidas de austeridade.

DESTAQUES

- B3 ON recuou 3,48%, maior declínio do Ibovespa, em sessão de ajustes, tendo no radar alta de mais de 3% nos dois pregões anteriores, em sessão marcada pelo declínio do setor financeiro como um todo.

- ITAÚ UNIBANCO PN cedeu 1,43%, também após ganhos no final da semana passada, enfraquecidos por receios sobre eventual tributação de dividendos, que volta e meia é ventilada pela imprensa. BRADESCO PN caiu 0,5%.

- ULTRAPAR ON perdeu 2,25% , após cinco pregões seguidos de valorização, quando acumulou ganho de 12% em meio a expectativas de retomada da economia.

- VALE ON valorizou-se 1,66%, em movimento alinhado pela alta dos preços do minério de ferro na China.

- JBS ON avançou 9,61%, com o setor como um todo em alta, com sinais de forte demanda da China por carne. Executivos da Minerva afirmaram mais cedo durante reunião com investidores que o governo brasileiro iniciou conversas com China para redução ou fim de tarifas de importação de carne bovina, hoje em 24%, para exportadores sul-americanos.

- ECORODOVIAS fechou em alta de 1,65%, também entre os destaques positivos. A XP iniciou a cobertura do setor com recomendação de compra para a ação. CCR ON, que recebeu recomendação neutra, subiu 0,94%.

- PETROBRAS PN encerrou com declínio de 0,83%, apesar da melhora dos preços do petróleo no mercado externo, que subiram mais de 4% nos dois últimos pregões.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below