November 26, 2019 / 7:07 PM / 13 days ago

Bradesco BBI corta preço-alvo de BRF, mas reitera recomendação "outperform"

Logo da BRF na sede da empresa em Curitiba (PR) 01/10/2019 REUTERS/Rodolfo Buhrer

SÃO PAULO (Reuters) - Analistas do Bradesco BBI cortaram o preço-alvo das ações da BRF para o final de 2020 de 50 para 47 reais, citando preços mais elevados de grãos, mas reiteraram recomendação “outperform”, citando entre outras razões que as papéis negociam a múltiplos atrativos.

“Nós acreditamos que as ações da BRF foram excessivamente punidas pelas preocupações dos investidores sobre os preços/volumes de frango desde o início de novembro”, observaram Leandro Fontanesi e equipe, em relatório a clientes.

Eles estimam que a recente alta nos preços da carne bovina no Brasil possa permitir que os processadores de frango aumentem os preços em até cerca de 30%, supondo que eles retornem ao desconto histórico em relação à carne bovina - “com isso, estamos incorporando preços mais fortes de frango em 2020”.

A equipe do Bradesco BBI também destaca que as empresas disseram que os recentes volumes mais baixos de exportação de frango foram impulsionados por uma decisão temporária de esperar preços mais altos.

“Acreditamos que a aprovação de novas fábricas brasileiras para exportação de frango para a China possa permitir que as exportações aumentem ainda mais”, citaram os analistas.

Por volta das 10:20, os papéis da BRF tinham elevação de 0,44%, a 36,27 reais, entre as poucas altas do Ibovespa, que cedia 0,81%.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below