December 2, 2019 / 3:37 PM / 5 days ago

Trump diz que sancionar lei sobre Hong Kong não torna negociações com China "melhores"

Presidente dos EUA, Donald Trump, conversa com a imprensa na Casa Branca, em Washington 02/12/2019 REUTERS/Jonathan Ernst

WASHINGTON (Reuters) - O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, disse nesta segunda-feira que a legislação norte-americana que apoia os manifestantes em Hong Kong não facilita as negociações comerciais com a China, mas acrescentou que acredita que Pequim ainda quer um acordo com os EUA.

“Os chineses estão sempre negociando”, disse Trump a repórteres na Casa Branca enquanto se preparava para partir para uma cúpula da Otan em Londres. “Estou muito feliz onde estamos e, francamente, eu poderia estar em outros lugares que eu poderia fazer tudo sozinho e ser ainda mais feliz... mas os chineses querem fazer um acordo. Vamos ver o que acontece.”

Questionado sobre como uma nova lei norte-americana de apoio a manifestantes em Hong Kong impactou as negociações comerciais, Trump disse: “Não melhora, mas vamos ver o que acontece”.

Na semana passada, Trump sancionou um projeto de lei que apoia manifestantes em Hong Kong e ameaça a China com sanções por violação a direitos humanos, levando o país asiático a alertar sobre possíveis retaliações.

O site de notícias Axios informou no domingo que o acordo comercial EUA-China estava emperrado devido à sanção da lei por Trump.

Por Alexandra Alper

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below