December 23, 2019 / 11:44 AM / a month ago

China avalia mais cortes de compulsório para reduzir custos de financiamento, diz premiê

Sede do banco central da China, em Pequim 28/09/2018 REUTERS/Jason Lee

PEQUIM (Reuters) - O primeiro-ministro da China, Li Keqiang, disse nesta segunda-feira que o governo vai estudar a adoção de mais medidas para reduzir os custos de financiamento a empresas menores, incluindo cortes generalizados e específicos na taxa de compulsório, reepréstimo e redesconto.

Li deu as declarações durante viagem à província de Sichuan, de acordo com a televisão estatal CCTV. Ele não deu detalhes.

O crescimento econômico da China desacelerou para mínimas de 30 anos no terceiro trimestre.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below