for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up

Exportação de gasolina da China sobe a nível recorde com maior produção em refinarias

CINGAPURA/PEQUIM (Reuters) - As exportações de gasolina da China em novembro quase triplicaram ante o mesmo período do ano passado, para uma máxima histórica, com refinarias processando petróleo perto de níveis recorde para aproveitar robustas margens de lucro.

Os embarques de gasolina foram de 1,84 milhão de toneladas no mês passado, mostraram dados da Administração Geral de Alfândegas nesta segunda-feira. O recorde anterior, de outubro, era de 1,73 milhão de toneladas, enquanto em novembro de 2018 foram 630 mil toneladas.

As exportações de diesel cresceram para 2,21 milhões de toneladas, ante 1,19 milhão de toneladas em outubro, com alta de quase 80% ante o mesmo mês do ano anterior.

O processamento de petróleo pelas refinarias chinesas em novembro cresceu 10,1% na comparação anual, para o segundo mais nível já registrado, com refinarias no país, segundo maior consumidor global de petróleo, elevando a produção para tirar proveito de margens estáveis.

O crescimento nas importações vem em meio a uma demanda mais fraca por gasolina no mercado doméstico devido a uma prolongada desaceleração nas vendas de carros novos. O diesel, por outro lado, tem sido mais demandado que o esperado pelos setores de mineração e construção.

Por Chen Aizhu em Cingapura e Redação Pequim

for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up