December 23, 2019 / 9:49 PM / a month ago

Ibovespa renova máxima em sessão tranquila antes do Natal; B3 recua

SÃO PAULO (Reuters) - O principal índice da bolsa paulista registrou nova máxima de fechamento nesta segunda-feira, com influência positiva de Wall Street, e o desempenho só não foi melhor devido à queda das ações da B3 após resultado de uma arbitragem facilitar a entrada de um concorrente na área de renda variável.

Pessoas conferem cotações no painel eletrônico da B3, em São Paulo. 8/6/2018. REUTERS/Paulo Whitaker

Índice de referência do mercado acionário brasileiro, o Ibovespa subiu 0,64%, a 115.863,29 pontos na máxima da sessão. O volume financeiro alcançou 15,96 bilhões de reais - ante média diária no mês de 24,8 bilhões de reais.

Segundo profissionais da área de renda variável, com as fortes altas já registradas no ano e o Ibovespa acumulando valorização de mais de 30%, muitos investidores estão preferindo apenas ajustar posições sem apostas relevantes.

No exterior, Wall Street corroborou a tranquilidade no pregão paulista, com o S&P 500 também renovando recordes, em meio a perspectivas favoráveis sobre as relações comerciais entre os Estados Unidos e a China, além de noticiário corporativo, com destaque para a Boeing.

DESTAQUES

- B3 caiu 4,54%, após a conclusão de negociação de preço para a prestação de serviços de transferência de valores mobiliários (serviços de CSD) com a Americas Trading Group (ATG) para acesso a sua central depositária.

- CSN ON avançou 5,21% e USIMINAS PNA subiu 2,14%, enquanto GERDAU PN fechou em alta de 1,62%. O presidente Jair Bolsonaro afirmou na sexta-feira que o presidente dos EUA, Donald Trump, lhe disse que decidiu não sobretaxar o aço e o alumínio do Brasil.

- VIA VAREJO ON subiu 2,64%, a 11,67 reais, cotação recorde, caminhando para fechar o ano com valorização de mais de 165%, na esteira de apostas em um ‘turnaround’ da empresa após mudança no comando em meados de 2019, bem como expectativas de melhora da economia do país.

- ELETROBRAS ON e ELETROBRAS PNB avançaram 7% e 3,44%, respectivamente. O governo ainda não considera elaborar um novo modelo de privatização para a companhia, mesmo após o presidente do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP), ter afirmado que a atual proposta para a elétrica não terá aprovação dos senadores, disseram à Reuters duas fontes próximas do assunto.

- LOJAS AMERICANAS PN avançou 0,99%, após anúncio na sexta-feira de que, junto com a controlada B2W, obteve êxito no Supremo Tribunal Federal (STF) em ações referentes à inconstitucionalidade da inclusão ICMS na base de cálculo do PIS/Cofins. O impacto financeiro total é estimado em 1,35 bilhão de reais. B2W caiu 0,16%.

- VALE ON fechou em queda de 0,38%, seguindo suas pares na Europa, conforme o ganho em dezembro até a última sexta-feira alcançava 9,6%.

- PETROBRAS PN subiu 0,79%, conforme os preços do petróleo no exterior melhoraram, enquanto PETROBRAS ON valorizou-se em 1,47%.

- BRADESCO PN teve acréscimo de 0,62%. ITAÚ UNIBANCO PN avançou 0,93%. Já BTG PACTUAL UNIT cedeu 1,03% . Ainda assim, caminha para fechar 2019 entre as maiores altas do Ibovespa no ano, com avanço acumulado de mais de 220% até o momento.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below