January 2, 2020 / 1:49 PM / 24 days ago

Pedidos de auxílio-desemprego nos EUA recuam, mas tendência aponta para alta

Pessoas à procura de trabalho em feirão de empregos em Los Angeles (EUA) 26/01/2017 REUTERS/Lucy Nicholson

WASHINGTON (Reuters) - O número de norte-americanos que solicitaram auxílio-desemprego recuou na semana passada, um sinal positivo para o mercado de trabalho dos Estados Unidos, em meio a sinais recentes de que novas reivindicações podem estar em leve alta.

Os pedidos iniciais de auxílio-desemprego caíram em 2 mil, para 222 mil em dado ajustado sazonalmente na semana encerrada em 28 de dezembro, informou o Departamento do Trabalho dos EUA nesta quinta-feira.

Economistas consultados pela Reuters esperavam 225 mil novos pedidos na semana passada.

Embora as reivindicações tenham sido voláteis nas últimas semanas devido à temporada de feriados nos EUA e ao final do ano, as médias de longo prazo apontam para um ligeiro aumento de novas reivindicações.

Por Jason Lange

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below