for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up

Ataque dos EUA no Iraque eleva iene; dados fracos da indústria dos EUA derrubam dólar

REUTERS/Jason Lee

NOVA YORK (Reuters) - Os investidores corriam para a segurança nesta sexta-feira depois que ataques aéreos dos Estados Unidos no Iraque mataram um oficial militar iraniano, enviando o iene japonês para uma máxima em dois meses, enquanto a atividade industrial mais fraca em uma década nos EUA derrubava o dólar.

Além do iene, os Treasuries, os títulos da Alemanha e o ouro avançavam depois que o ataque aéreo em Bagdá matou Qassem Soleimani, comandante da Força Quds do Irã e arquiteto da crescente influência militar iraniana no Oriente Médio.

“No geral, os prêmios de risco geopolítico aumentaram substancialmente da noite para o dia. Você está vendo entradas no dólar americano, franco suíço e iene japonês - investidores realmente procurando por refúgios e um porto na tempestade”, disse Karl Schamotta, estrategista-chefe de mercado da Cambridge Global Payments.

O índice do dólar se beneficiou inicialmente da busca por ativos seguros, mas esses ganhos foram apagados após o relatório de uma contração no setor manufatureiro dos Estados Unidos em dezembro. O dólar tinha queda de 0,12% contra uma cesta de moedas, a 96,731.

O iene japonês chegou a tocar 107,91 por dólar e subia 0,54% no dia, em 108 por dólar.

for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up