for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up

Setor de serviços da China cresce a ritmo mais lento em dezembro, mostra PMI do Caixin

Contêineres em porto de Ningbo, Zhejiang. REUTERS/Stringer

PEQUIM (Reuters) - O setor de serviços da China expandiu a um ritmo mais lento em dezembro após forte recuperação no mês anterior, com a confiança empresarial caindo para o segundo nível mais baixo apesar da aceleração das novas encomendas, mostrou nesta segunda-feira a pesquisa Índice de Gerentes de Compras (PMI, na sigla em inglês).

O PMI de serviços do Caixin/Markit desacelerou a 52,5 no mês passado de 53,5 em novembro, mas ainda acima da mínima de 8 meses alcançada em outubro.

O índice permanece acima da marca de 50 que separa crescimento de contração desde o final de 2005.

A tendência de esfriamento ecoa a do PMI oficial, publicado pela Agência Nacional de Estatísticas, que recuou ante a máxima de oito meses de novembro.

As empresas de serviços pesquisadas demonstraram preocupação com as fracas condições econômicas e falta de trabalhadores, mostrou a pesquisa do Caixin. As expectativas em relação ao cenário em um ano caiu para o segundo menor nível desde que a série começou em 2005.

O PMI Composto, também divulgado nesta segunda-feira, caiu para 52,6 em dezembro de 53,2 em novembro.

Reportagem de Yawen Chen e Kevin Yao

for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up