January 7, 2020 / 10:33 AM / 11 days ago

Inflação na zona do euro acelera em dezembro, vendas no varejo saltam em novembro

Consumidoras fazem compras em loja de departamentos em Paris 26/02/2016 REUTERS/Charles Platiau

BRUXELAS (Reuters) - A inflação na zona do euro acelerou como esperado em dezembro, mostrou nesta terça-feira estimativa da agência de estatísticas da União Europeia, enquanto as vendas no varejo mostraram mais força do que o previsto em um sinal de aumento da demanda doméstica.

A Eurostat informou que os preços ao consumidor nos 19 países que usam o euro subiram 1,3% em dezembro sobre o ano anterior. Na comparação mensal, a alta foi de 0,3%.

O dado anual iguala a expectativa de economistas consultados pela Reuters, acelerando ante taxa de 1,0% em novembro.

A aceleração da inflação deve-se principalmente ao aumento de 0,2% nos preços da energia sobre o ano anterior. Os preços de alimentos subiram 2,1% nessa base de comparação ante alta de 1,8% em novembro.

Sem esses dois componentes voláteis, a inflação permaneceu em 1,4% em dezembro.

O Banco Central Europeu quer manter a inflação abaixo mas perto de 2% no médio prazo.

Separadamente, a Eurostat informou que as vendas no varejo, indicador de demanda doméstica, foram muito mais fortes do que o esperado em novembro, recuperando-se de duas quedas mensais consecutivas com uma alta de 1,0% no mês. Na comparação anual o ganho foi de 2,2%.

Economistas consultados pela Reuters esperavam apenas um aumento mensal de 0,6%, com alta anual de 1,3%.

Reportagem de Jan Strupczewski

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below