January 8, 2020 / 4:00 PM / 15 days ago

Lagarde, do BCE, alerta que prazo de 11 meses pode ser apertado para acordo do Brexit

A presidente do Banco Central Europeu (BCE), Christine Lagarde, discursa em uma coletiva de imprensa sobre o resultado da reunião do Conselho do BCE, em Frankfurt, Alemanha. 12/12/2019. REUTERS/Ralph Orlowski

BERLIM (Reuters) - A presidente do Banco Central Europeu (BCE), Christine Lagarde, sugeriu que não é certo que 11 meses sejam suficientes para a conclusão de um acordo comercial entre o Reino Unido e a União Europeia (UE), dizendo em entrevista à revista Challenge que esse prazo é curto.

“O Reino Unido está para deixar a União Europeia em 31 de janeiro de 2020. Isso significa uma incerteza a menos, o que é boa notícia para os investidores. Dito isso, o maior desafio ainda está por vir —a questão de se chegar a um acordo comercial entre Londres e a UE durante o período de transição de 11 meses”, ela disse.

“O impacto econômico e financeiro do Brexit vai depender dos detalhes desse acordo —se de fato um pode ser alcançado— durante esse curto período de tempo”, acrescentou, ecoando alertas já feitos pela presidente da Comissão Europeia, Ursula von der Leyen, de que seria difícil concluir um acordo abrangente até o final deste ano.

Na entrevista, publicada pelo BCE em seu site nesta quarta-feira, Lagarde também disse que a revisão de estratégia do banco seria um bom momento para examinar o impacto dos riscos climáticos no modelos macroeconômicos do banco e nas consequências para a política.

Por Thomas Escritt e Michelle Martin

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below