for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up

Futuros de minério de ferro da China caem por melhora nas perspectivas de oferta

Guindastes descarregam minério de ferro importado de navio em porto de Lianyungang, na província de Jiangsu, na China 27/10/2019 REUTERS/Stringer

PEQUIM (Reuters) - Os futuros de minério de ferro da China caíram nesta quinta-feira, recuando do fechamento mais alto em mais de cinco meses na sessão anterior, à medida que as preocupações com o suprimento diminuíam.

Os futuros de minério de ferro de Dalian DCIOcv1, com vencimento em maio, caíram 3,1%, para 656 iuanes (94,72 dólares) por tonelada, e fecharam a 657 iuanes. Na quarta-feira, o contrato fechou em 680 iuanes, o maior desde 2 de agosto de 2019.

O contrato caiu depois que a mineradora Rio Tinto RIO.AX dissipou o medo de que um incêndio em Cape Lambert pudesse interromper o fornecimento.

“Uma correia transportadora de borracha em um carregador de cabo em Cape Lambert pegou fogo. Ela está sendo substituída e esperamos que o carregador volte nas próximas 24 horas”, disse um porta-voz da Rio Tinto à Reuters.

Pesando ainda mais nos preços, houve embarques do ingrediente siderúrgico para a China do terminal de Port Hedland, na Austrália -- o maior porto de minério de ferro do mundo, que subiu mais de 12% em dezembro em relação ao mês anterior.

O vergalhão de aço para construção mais negociado na bolsa de Xangai SRBcv1 caiu 1,3%, para 3.555 iuanes por tonelada.

Os contratos futuros de bobinas a quente SHHCcv1, usados ​​em carros e eletrodomésticos, caíram 1,2%, para 3.585 iuanes por tonelada.

Reportagem de Min Zhang e Shivani Singh em Pequim, reportagem adicional de Melanie Burton em Melbourne

for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up