for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up

Colheita de soja da safra 19/20 em MT começa com leve atraso

Caminhão é carregado com grãos de soja em Campo Verde (MT) 10/01/2017 REUTERS/Gustavo Bonato

SÃO PAULO (Reuters) - A colheita de soja da safra 2019/20 em Mato Grosso, principal produtor brasileiro da oleaginosa, atingiu 1,79% da área plantada no Estado até esta sexta-feira, estimou o Instituto Mato-grossense de Economia Agropecuária (Imea).

Segundo o órgão ligado aos produtores, a colheita de soja registra um atraso de 3,83 pontos percentuais em relação ao verificado nesta mesma época da safra anterior, quando o clima permitiu um plantio antecipado.

Ainda assim, a colheita de soja também tem atraso de 0,8 ponto percentual na comparação com a média de cinco anos para este período.

O Imea apontou que os trabalhos avançaram 1,56 ponto percentual ante a semana anterior, quando efetivamente houve o primeiro registro de área colhida.

Segundo o superintendente do Imea, Daniel Latorraca, a colheita no Estado deve se intensificar mais tarde neste ano e caminhar muito próxima à media de cinco anos, podendo avançar “um pouco mais que a média” em fevereiro.

“Pode ser que em fevereiro a gente compense essa retração de janeiro”, disse ele.

O Paraná, outro importante produtor brasileiro, registrou nesta semana as primeiras áreas colhidas de soja.

Além disso, o Imea já registra plantio em 0,36% da área de segunda safra de milho em Mato Grosso, com atraso de 1 ponto percentual ante a temporada passada.

for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up