for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up

EUA e China concordam com negociações semestrais visando reformas e resolução de disputas, diz WSJ

(Reuters) - Os Estados Unidos e a China concordaram em ter conversas semestrais destinadas a pressionar por reformas nos dois países e a resolver disputas, informou o Wall Street Journal neste sábado.

As negociações serão anunciadas em 15 de janeiro como parte da assinatura da fase um do acordo comercial entre os EUA e a China, mas serão separadas de qualquer negociação comercial da segunda fase, informou o Journal, acrescentando que o esforço será liderado do lado norte-americano pelo secretário do Tesouro, Steven Mnuchin, e do lado chinês pelo vice-primeiro-ministro, Liu He.

Os dois países, que travam uma guerra comercial há mais de um ano, ponderam nomear o processo como “Diálogo Econômico Abrangente”, de acordo com o WSJ.

Reportagem de Kanishka Singh, em Bengaluru

for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up