January 23, 2020 / 7:27 PM / a month ago

Cazaquistão retoma bombeamento de petróleo de unidade da chinesa CNPC

Tanques em refinaria de petróleo na região de Kyzylorda, Cazaquistão 21/01/2016 REUTERS/Shamil Zhumatov

NURSULTAN (Reuters) - A operadora de oleodutos cazaque KazTransOil retomou de forma parcial o bombeamento de petróleo proveniente da CNPC Aktobemunaigas, unidade da chinesa CNPC no país, informou a companhia nesta quinta-feira.

O bombeamento havia sido suspenso na semana passada, quando foi detectada uma contaminação do óleo da empresa com cloretos orgânicos, segundo comunicado anterior da KazTransOil.

A empresa cazaque disse que o teor de cloreto no óleo da CNPC Aktobemunaigas já foi normalizado, acrescentando que o transporte de petróleo russo para a China não foi afetado pela contaminação.

A CNPC Aktobemunaigas era a sexta maior produtora do Cazaquistão em 2018, com 4,9 milhões de toneladas —cerca de 4,3% da produção total do país.

Um incidente semelhante ocorreu na Rússia no ano passado, quando exportações de óleo para a Europa, avaliadas em 2,7 bilhões de dólares, foram contaminadas, causando uma interrupção de oferta de grandes proporções.

Por Tamara Vaal

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below