January 27, 2020 / 4:19 PM / 2 months ago

Ações de viagem e tecnologia lideram perdas em Wall St com temores crescentes sobre vírus na China

REUTERS/Brendan McDermid

(Reuters) - As ações dos Estados Unidos caíam mais de 1% nesta segunda-feira, com investidores preocupados com as conseqüências econômicas do surto de coronavírus na China que levou o país a estender o feriado do Ano Novo Lunar e as empresas a fechar algumas operações.

O S&P 500 foi derrubado de máximas recordes na semana passada, quando a China isolou várias cidades e restringiu viagens, o que trouxe à memória dos investidores o mortal vírus SARS que matou quase 800 pessoas em 2002 e 2003 e custou bilhões à economia global.

As ações relacionadas a viagens, incluindo companhias aéreas, cassinos e hotéis, eram as mais atingidas em Wall Street, enquanto os papéis de pesos-pesados da tecnologia —que desfrutaram de um rali forte recentemente— arrastavam os mercados para baixo.

Apple, Microsoft, Alphabet e Amazon.com cediam entre 1,5% e 2,6%.

Wynn Resorts, Melco Resorts & Entertainment e Las Vegas Sands, que possuem grandes operações na China, caíam entre 4% e 7%. United Airlines Holdings e American Airlines perdiam 4,5% e 6,6%, respectivamente.

Às 13:13 (horário de Brasília), o índice Dow Jones caía 1,5%, a 28.555 pontos, enquanto o S&P 500 perdia 1,557289%, a 3.244 pontos. O índice de tecnologia Nasdaq recuava 1,91%, a 9.137 pontos.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below