January 28, 2020 / 3:32 PM / 24 days ago

Azul espera subarrendar jatos da Embraer para aérea ligada a seu fundador

David Neeleman, fundador da Azul, ao lado de um jato Embraer E195-E2 nas instalações da fabricante de aeronaves em São Jose dos Campos (SP) 12/09/2019 REUTERS/Roosevelt Cassio

SÃO PAULO (Reuters) - A Azul anunciou nesta terça-feira que assinou contratos preliminares para subarrendar toda a sua frota da aeronave Embraer E195, com mais da metade indo para uma companhia aérea ligada ao fundador David Neeleman.

Neeleman, fundador da Azul, da JetBlue e de uma startup chamada Breeze Aviation nos Estados Unidos, receberá até 28 aeronaves Embraer E195, sujeitas a determinadas aprovações, disse a Azul.

Uma companhia aérea polonesa chamada LOT subarrendará as aeronaves restantes, sujeita a certas confirmações.

A Azul possui um total de 53 aviões Embraer E195.

Os acordos foram uma boa notícia para a Azul, que está tentando se livrar de seus aviões mais antigos da Embraer, conforme passa a utilizar uma nova geração de jatos com maior eficiência de combustível.

As ações da empresa subiam cerca de 6% na manhã desta terça-feira.

A Azul e a LOT já assinaram uma carta de intenção de subarrendar 18 aeronaves e, provisoriamente, outros 14 aviões sujeitos à aprovação da LOT, de acordo com um documento de valores mobiliários.

A Breeze deverá subarrendar até 28 aviões sujeitos à aprovação dos acionistas da Azul, informou o documento.

Por Ana Mano e Marcelo Rochabrun

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below