January 28, 2020 / 9:57 PM / 24 days ago

Starbucks diz que deve ser afetada por coronavírus após fechar lojas na China

Unidade da Starbucks em shopping center de Pequim, China 29/01/2019 REUTERS/Thomas Peter

(Reuters) - A Starbucks se tornou nesta terça-feira a primeira grande empresa dos Estados Unidos a indicar que deve ser afetada pelo surto de coronavírus na China, uma vez que fechou mais de metade de suas lojas no país e ajustou horários de funcionamento.

A maior rede de cafeterias do mundo afirmou que revisará suas previsões para 2020 assim que for possível estimar o impacto do surto, que já causou mais de 100 mortes na China.

Até o final do ano passado, a Starbucks operava 4.292 lojas no país asiático.

As vendas em restaurantes abertos há pelo menos 13 meses cresceram 5% no trimestre encerrado em 29 de dezembro.

Analistas esperavam que as vendas nessas mesmas lojas registrassem crescimento de 4,4%, segundo dados da Refinitiv.

Por Uday Sampath, em Bangalore

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below