January 29, 2020 / 9:32 PM / in 5 months

Ações perdem fôlego na esteira de comunicado do Fed

Operador no pregão da Bolsa de Nova York. 28/01/2020. REUTERS/Bryan R Smith

NOVA YORK (Reuters) - O índice S&P 500 terminou em leve queda nesta quarta-feira, com o impulso vindo de alta nas ações de empresas como Apple, Boeing e General Electric, após seus resultados trimestrais, perdendo força após o anúncio da decisão de política do Federal Reserve.

O Dow Jones teve ligeira alta de 0,04%, para 28.734,45 pontos. O S&P 500 perdeu 0,08%, para 3.273,40 pontos. E o Nasdaq registrou variação positiva de 0,06%, para 9.275,16 pontos.

Inicialmente, as ações mostraram pouca reação ao comunicado de política monetária do Fed, mas passaram a perder terreno gradualmente na esteira da entrevista coletiva de Jerome Powell, chairman do banco central dos Estados Unidos.

Conforme esperado, o Fed manteve as taxas de juros estáveis e não ofereceu novas indicações no comunicado. Powell, porém, mencionou que “incertezas sobre o cenário continuam”, sem deixar de citar o surto de coronavírus na China.

Desde outubro, quando foi realizado o último corte de juros pelo Fed (o terceiro de 2019), os formuladores de política monetária dos EUA concordaram em manter a taxa básica entre 1,50% e 1,75%.

A Apple avançou 2,09% nesta sessão, após divulgar no final da terça-feira um balanço indicando que as vendas de final de ano superaram as expectativas de analistas —mesmo com a empresa se preparando para novas interrupções na China, atingida pelo surto de coronavírus.

Diversas companhias alertaram para interrupções em suas operações por causa do vírus no país asiático. Um economista do governo chinês disse que o crescimento econômico da China pode cair para 5% —ou até menos— diante do atual cenário.

“Eu não quero minimizar o impacto humano do vírus, mas para mim o que é mais preocupante não é que o mercado não respondeu ao vírus, mas sim que avançou com força nas primeiras duas semanas e meia de janeiro, após um 2019 muito, muito forte”, disse Ellen Hazen, gerente de portfólio da F.L.Putnam Investment Management.

Reportagem de Chuck Mikolajczak

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below