January 31, 2020 / 7:07 PM / 24 days ago

Colheita de soja do Brasil atinge 8,1%; chuvas desaceleram ritmo, diz Arc Mercosul

Colheita de soja em Primavera do Leste (MT) 07/02/2013 REUTERS/Paulo Whitaker

SÃO PAULO (Reuters) - A colheita de soja do Brasil na safra 2019/20 atingiu 8,1% da área total no país até esta sexta-feira, ante 18,4% registrados no mesmo período de 2019, quando os trabalhos tiveram um início dos mais precoces, avaliou a consultoria Arc Mercosul em relatório.

Segundo a empresa de análises, o ritmo da colheita de soja do Brasil, maior exportador global da oleaginosa, está ligeiramente abaixo da média histórica para o período, de 9,8%, em meio a chuvas que desaceleraram os trabalhos durante a semana na região central do país.

“Destaque para a desaceleração semanal da colheita no centro do país, consequência das chuvas intensas observadas em Goiás, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul e Minas Gerais”, disse à Reuters o diretor da Arc, Matheus Pereira.

“Apesar da discrepância com o ritmo em 2019, atualmente estamos avançando com a colheita muito próxima à média dos últimos cinco anos”, completou.

Ele disse ainda que a Arc Mercosul recebeu relatos de que as produtividades iniciais da soja em Mato Grosso e Goiás, grandes produtores nacionais, têm ficado acima das expectativas, sendo boa parte da colheita ainda de variedades de ciclo precoce.

“Números tendem a melhorar conforme avançam (as colheitas) para os talhões com variedades de ciclo tardio”, destacou.

A colheita em Mato Grosso, maior produtor do país, atingiu cerca de 20% da área de soja, segundo a consultoria.

Por Roberto Samora

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below