February 3, 2020 / 7:28 PM / 18 days ago

Coronavírus teve impacto enorme no mercado, mas prudência é necessária, diz vice do BCE

O vice-presidente do Banco Central Europeu (BCE), Luis de Guindos, participa de uma reunião de ministros das Finanças da União Europeia em Bruxelas, Bélgica. 21/01/2020. REUTERS/Johanna Geron

FRANKFURT (Reuters) - O vice-presidente do Banco Central Europeu (BCE), Luis de Guindos, alertou contra uma resposta apressada ao surto de coronavírus, mesmo que já tenha tido um impacto “enorme” nos mercados globais.

“Acho que temos que ser muito prudentes. Estamos na primeira fase desse surto e sabemos muito pouco sobre as características do vírus até agora”, disse Guindos à emissora grega ERT em entrevista na televisão.

“O surto do coronavírus é um elemento importante que tem tido um enorme impacto nos mercados de ações e nos preços das commodities”, disse de Guindos. “Os mercados não gostam de incertezas.”

Por Balazs Koranyi

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below