February 20, 2020 / 5:58 PM / 3 months ago

Índice registra pior dia em 3 semanas por resultados fracos e riscos de vírus

(Reuters) - Os índices acionários europeus recuaram de máximas recordes nesta quinta-feira, uma vez que uma série de balanços corporativos decepcionantes ampliaram as preocupações sobre o impacto global do surte de coronavírus depois que uma pesquisa sugeriu que a doença é mais contagiosa do que se imaginava.

O gráfico alemão do índice de preços das ações DAX é mostrado na bolsa de valores de Frankfurt, Alemanha 16/01/2020 REUTERS/Staff

O índice FTSEurofirst 300 caiu 0,82%, a 1.677 pontos, enquanto o índice pan-europeu STOXX 600 perdeu 0,86%, a 430 pontos, ampliando as perdas pouco antes do fechamento para registrar a maior queda diária em três semanas.

Uma queda de quase 2% nas ações de seguros liderou as perdas depois que a Swiss Re registrou lucro anual abaixo do esperado. As ações da resseguradora caíram 8,1%, mas mínima de cinco semanas.

O recuo na espanhola Telefonica pesou sobre o índice espanhol depois que o grupo de telecomunicações disse que encargos pontuais no México e na Argentina afetaram seu lucro anual.

Em LONDRES, o índice Financial Times recuou 0,27%, a 7.436 pontos.

Em FRANKFURT, o índice DAX caiu 0,91%, a 13.664 pontos.

Em PARIS, o índice CAC-40 perdeu 0,80%, a 6.062 pontos.

Em MILÃO, o índice Ftse/Mib teve desvalorização de 1,56%, a 25.080 pontos.

Em MADRI, o índice Ibex-35 registrou baixa de 1,51%, a 9.931 pontos.

Em LISBOA, o índice PSI20 desvalorizou-se 0,45%, a 5.411 pontos.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below