February 22, 2020 / 4:26 PM / 3 months ago

FMI elogia comprometimento argentino em encontrar solução para dívida do país

RIAD (Reuters) - A diretora administrativa do FMI, Kristina Georgieva, disse neste sábado que teve uma “troca de pontos de vista muito proveitosa” com o ministro da Economia da Argentina, Martin Guzman, sobre colocar o país no caminho de um crescimento mais sustentável e inclusivo.

Depois de se encontrar com Guzman à margem de uma reunião do G20 na Arábia Saudita, Georgieva afirmou que o governo argentino concordou em permanecer engajado com o Fundo Monetário Internacional (FMI), através de consultas formais, enquanto trabalhava para “garantir uma resolução sustentável e ordenada da situação da dívida argentina”.

A Argentina está enfrentando duras negociações com credores e o FMI para reestruturar cerca de 100 bilhões de dólares em dívidas que o novo governo peronista do país diz que não pode pagar, a menos que tenha tempo para retomar o crescimento econômico estagnado.

O FMI, que encerrou uma visita à Argentina no início desta semana, avaliou que a situação da dívida do país se tornou “insustentável” e que os credores privados precisariam fazer uma “contribuição significativa” para resolver a crise.

Georgieva disse que teve uma boa reunião com Guzman no sábado, quando autoridades financeiras das 20 maiores economias do mundo se reuniram em Riad, onde as preocupações com a Argentina e outras economias problemáticas estavam no topo da agenda.

A diretora do FMI elogiou os esforços do governo argentino para implementar políticas destinadas a estabilizar a economia e reduzir a pobreza, e disse que também discutiram os planos das autoridades argentinas de garantir uma resolução sustentável e ordenada da situação da dívida argentina.

“Nesse contexto, congratulei-me com o compromisso das autoridades argentinas de continuar aprofundando nosso engajamento, inclusive por meio de uma consulta ao artigo IV e medidas para um programa apoiado pelo Fundo no futuro. As modalidades desses próximos passos continuarão sendo discutidas”, afirmou. disse.

Uma consulta do Artigo IV é uma avaliação do FMI das políticas econômicas e financeiras de um país.

O governo argentino considerou que a reunião de Guzman com o chefe do FMI “aprofundou o entendimento mútuo e preparou o terreno para futuras negociações”.

“O ministro informou a diretor-gerente da intenção do governo de iniciar as consultas ao Artigo IV, o qual o ministro considera um passo valioso para aprofundar o entendimento mútuo entre o governo argentino e o FMI no caminho para um novo programa com a agência”, informou o governo argentino através de um comunicado.

Reportagem de Andrea Shalal em Riad e Hugh Bronstein em Buenos Aires

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below