March 2, 2020 / 6:44 PM / 3 months ago

Ações europeias fecham em alta, mas Itália estende queda devido a coronavírus

(Reuters) - As ações europeias fecharam em alta após oscilarem entre perdas e ganhos na maior parte da sessão desta segunda-feira, com operadores se concentrando na expectativa de que os principais bancos centrais farão injeções extras de ajuda após o surto de coronavírus.

Operadores na bolsa de valores de Frankfurt, Alemanha 15/01/2019 REUTERS/Kai Pfaffenbach

O índice pan-europeu Stoxx 600 fechou em alta de 0,1%, após tombar 12% na semana passada, seu pior desempenho semanal desde a crise financeira de 2008. As empresas de petróleo e gás lideraram ganhos nesta sessão, com os preços do petróleo em alta de 5%.

O vírus continua a se espalhar. Os Estados Unidos reportaram sua segunda morte, enquanto o Reino Unido comunicou um total de 36 casos no domingo.

A Itália, país mais atingido na Europa, viu seu número de mortos subir de 34 para 52 em 24 horas. As ações de Milão continuaram em queda, apesar de relatos de que o governo introduzirá medidas no valor de 3,6 bilhões de euros (3,5 bilhões de dólares), ou 0,2% do Produto Interno Bruto (PIB), nesta semana para amenizar o golpe.

Operadores agora estão apostando que o Federal Reserve (Fed, banco central dos Estados Unidos) cortará taxas de juros em 50 pontos-base no início deste mês, enquanto o Banco Central Europeu (BCE) deverá reduzir as taxas em 10 pontos-base na reunião de abril, segundo preços de mercado.

Investidores prestaram pouca atenção a dados mostrando que o setor manufatureiro da Alemanha diminuiu ainda mais em fevereiro. A IHS Markit disse que a perspectiva de interrupções nas cadeias de suprimentos devido ao surto de vírus significa que os dados podem ser enganosos.

As ações de viagens e lazer continuaram em declínio, caindo 2,7%, impactadas por uma queda de quase 5% nos papéis da irlandesa Ryanair.

O índice FTSEurofirst 300 fechou em alta de 0,32%, a 1.469,19 pontos.

Em LONDRES, o índice Financial Times avançou 1,13%, a 6.654,89 pontos.

Em FRANKFURT, o índice DAX caiu 0,27%, a 11.857,87 pontos.

Em PARIS, o índice CAC-40 ganhou 0,45%, a 5.333,52 pontos.

Em MILÃO, o índice Ftse/Mib teve desvalorização de 1,50%, a 21.655,09 pontos.

Em MADRI, o índice Ibex-35 registrou alta de 0,21%, a 8.741,50 pontos.

Em LISBOA, o índice PSI20 valorizou-se 1,06%, a 4.816,12 pontos.

(Por Sruthi Shankar e Shreyashi Sanyal)

Tradução Redação São Paulo, 55 11 56447723

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below