March 8, 2020 / 6:17 PM / 3 months ago

Fundador da XP nega acusações de investidor vendido

SÃO PAULO (Reuters) - O fundador da XP, Guilherme Benchimol, negou neste domingo as acusações feitas por um investido vendido que causaram queda das ações na sexta-feira.

Benchimol disse em um post em sua conta no Instagram que as “acusações sérias” são infundadas e que a empresa passou por uma auditoria de quatro escritórios de advocacia e dois auditores para concluir sua oferta pública inicial nos Estados Unidos.

Em uma resposta formal publicada no site de relações com investidores da XP, a empresa diz que o relatório está “cheio de erros” e demonstra falta de conhecimento sobre as diferentes regras contábeis exigidas pelo Banco Central do Brasil e pelo IFRS (o padrão contábil internacional).

A XP também diz que o investidor faz comparações inadequadas (o balanço da XP CCTVM, que é a corretora de valores, com o balanço do Conglomerado Prudencial, que inclui outras empresas do grupo).

As ações do XP caíram na sexta-feira após a divulgação do relatório pelo investidor The Wrinkler Group.

Por Tatiana Bautzer

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below