March 9, 2020 / 12:56 PM / 4 months ago

Presidente do BC do Japão sinaliza prontidão para agir enquanto aumenta chance de afrouxamento

Presidente do Banco do Japão, Haruhiko Kuroda, durante coletiva de imprensa em Tóquio 19/12/2019 REUTERS/Kim Kyung-Hoon

TÓQUIO (Reuters) - O presidente do banco central do Japão, Haruhiko Kuroda, disse que o Banco do Japão está pronto para agir “sem hesitação” se a volatilidade do mercado atribuída ao surto de coronavírus prejudicar a economia, sinalizando sua disposição para expandir os estímulos já na próxima semana.

O movimento do iene para as mínimas de três anos e as quedas acentuadas nos preços de ações de Tóquio nesta segunda-feira adicionaram pressão ao banco central para reforçar o apoio à economia atingida por cancelamentos de eventos, restrições de viagens e queda no consumo de produtos relacionados à epidemia.

“Tomaremos as medidas apropriadas sem hesitar, conforme necessário, com um olho no impacto da disseminação do coronavírus, principalmente por meio de movimentos no mercado doméstico e no exterior”, disse Kuroda ao Parlamento nesta segunda-feira.

O banco central realizará sua reunião de política monetárias no dias 18 e 19 de março.

Reportagem de Leika Kihara

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below