March 16, 2020 / 1:04 PM / 4 months ago

BCE está pronto para novas ações se necessário, diz Holzmann

Robert Holzmann, presidente do banco central da Áustria e membro do BCE, durante coletiva de imprensa em Viena 02/12/2019 REUTERS/Leonhard Foeger

VIENA (Reuters) - O Banco Central Europeu irá intervir nos mercados de títulos do governo se necessário, afirmou nesta segunda-feira Robert Holzmann, membro do BCE, enquanto os diretores do Conselho do BCE buscam tranquilizar os mercados afirmando que atuarão para ajudar os países a combater o impacto do coronavírus.

O BCE está envolvido em uma ação defensiva sem precedentes desde que a presidente Christine Lagarde incomodou investidores e autoridades de políticas monetárias na quinta-feira ao dizer que não era tarefa do banco central ajudar países afetados pelo vírus, como a Itália, no mercado de dívida.

“Se houver necessidade de intervir na área de títulos do governo, serão tomadas medidas”, afirmou Holzmann, presidente do banco central austríaco, em entrevista coletiva em Viena.

O membro italiano do conselho Fabio Panetta disse em uma entrevista publicada no domingo que o BCE está pronto para restringir os spreads “injustificados” entre os rendimentos dos títulos dos países membros e até reforçar suas compras de dívidas.

O BCE forneceu novos estímulos na quinta-feira para apoiar a economia da zona do euro, e juntou-se a outros grandes bancos centrais no domingo ao oferecer dólares norte-americanos baratos em uma tentativa de impedir a paralisação dos mercados globais de empréstimos.

Reportagem de Kirsti Knolle

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below