March 17, 2020 / 12:44 PM / in 14 days

Bolsonaro indica Helvio Guerra para diretoria da Aneel após exonerar Rodrigo Limp

Torres de transmissão de energia em Diadema (SP) 10/02/2015 REUTERS/Paulo Whitaker

SÃO PAULO (Reuters) - O presidente Jair Bolsonaro indicou o nome de Hélvio Neves Guerra para assumir cargo de diretor da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) em substituição ao diretor Rodrigo Limp, que foi exonerado, segundo publicações no Diário Oficial da União desta terça-feira.

A indicação de Guerra, que precisará ser apreciada pelo Senado, vem após o governo ter decidido no mês passado nomear Limp como secretário de Energia Elétrica do Ministério de Minas e Energia.

Guerra é atualmente secretário-adjunto de Planejamento e Desenvolvimento Energético do Ministério de Minas e Energia. Antes, ele foi superintendente na Aneel e professor na Universidade Federal do Amazonas.

Já Rodrigo Limp deverá assumir a secretaria de Energia no lugar do interino Domingos Romeu Andreatta, que está no cargo desde a saída do então secretário Ricardo Cyrino em outubro do ano passado.

Os diretores da Aneel são nomeados pelo presidente da República para cumprir mandatos não coincidentes de cinco anos, vedada a recondução, segundo lei aprovada pelo Congresso em 2019.

Antes, os mandatos na agência reguladora tinham duração de quatro anos, permitida uma recondução.

O mandato de Rodrigo Limp, indicado para a Aneel no governo do ex-presidente Michel Temer, venceria originalmente em maio de 2022.

Por Luciano Costa

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below