March 23, 2020 / 2:15 PM / 4 months ago

Japão pede ação oportuna do G20 para combater consequências do vírus

O ministro das Finanças do Japão, Taro Aso, e o presidente do Banco do Japão, Haruhiko Kuroda, durante conferência de imprensa em Chantilly, França 18/07/2019 REUTERS/Pascal Rossignol

TÓQUIO (Reuters) - O Japão pediu aos líderes financeiros do Grupo dos 20 (G20) que tomem medidas oportunas para enfrentar os riscos econômicos globais decorrentes do surto de coronavírus, disse o ministro das Finanças do país, Taro Aso.

Aso disse depois de uma teleconferência com seus colegas do G20 que a natureza da crise era diferente do colapso do Lehman Brothers em 2008, quando o financiamento em dólares secou.

No entanto, Aso disse a repórteres nesta segunda-feira que informou ao G20 que estava “profundamente preocupado” com os danos que o surto de coronavírus estava causando nos mercados e na economia global.

“O G20 tem um papel muito importante a desempenhar na prevenção da propagação da infecção, manutenção de suprimentos médicos e desenvolvimento de vacinas. Precisamos concentrar nossos esforços nesses fatores. Também instei cada país a implementar medidas econômicas e fiscais necessárias e suficientes”, afirmou Aso.

O presidente do Banco do Japão, Haruhiko Kuroda, que também participou da teleconferência do G20, disse a repórteres que o banco central japonês tomará as medidas necessárias para garantir que as finanças corporativas e os mercados funcionem sem problemas.

Reportagem de Tetsushi Kajimoto

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below